Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK

Uma viagem pelo design Italiano em dez histórias

 

Uma viagem pelo design Italiano em dez histórias
Italian Design Day será marcado com a palestra “Uma viagem pelo design Italiano em dez histórias”, no dia23 de março de 2019, numa realização do Consulado da Itália Recife com o apoio do Instituto Ricardo Brennand. A especialista em design e jornalista Chiara Alessi irá abordar desde o nascimento da famosa cafeteira Moka Bialetti, a outros ícones do Made in Italy. Imagens de arquivo, vídeos e histórias pessoais serão os ingredientes desta conferência que mostrará ao público como o design italiano é, em primeiro lugar, um grande romance, repleto de personagens, lugares e atmosferas, que não se encontram em nenhum outro lugar do mundo. O evento é gratuito, com tradução simultânea, e será realizado das 10:00 às 12:00h. Espaço sujeito à lotação (120 lugares).
O tema será apresentado a partir de dez histórias, entre elas a da cafeteira Moka Bialetti, criada por Alfonso Bialetti, em 1933, e que levou a uma mudança radical nos hábitos de consumo de café em casa. Outra história presente na palestra é a da exposição New domestic landscape, “A nova paisagem urbana”, exibida em 1972 no MoMA em Nova York, que mostra uma série de ambientes projetados que se referem às mudanças de padrões de estilo de vida: relações sociais familiares, noções de privacidade e territorialidade.
Também serão abordados a criação do icônico espremedor de frutas Juicy Salif Starck, criado pelo famoso designer Philippe Starck, em 1990, para a empresa italiana Alessi, e o Manuale di autoprogettazionede Enzo Marium projeto “faça você mesmo”, a partir da disponibilização de desenhos e instruções para a montagem de móveis, entre outros. Segundo Chiara Alessi, os casos selecionados representam paradigmas relacionados à política, geografia, economia, comunicação, sociedade, entre outros. “A escolha dos temas foi pensada a partir da possibilidade de usar vários materiais, vídeo e fotos de álbuns de família, e de explorar as diferentes décadas da história do design italiano, de 1930 até os dias de hoje”, explica a especialista.
Nos anos 50, a Itália se tornou a líder mundial em design. Os especialistas italianos começaram a usar novos materiais, como plástico, acrílicos e borracha, atribuindo uma variedade estética maior aos produtos. Com formas orgânicas, era possível aliar funcionalidade e beleza, além de transformar os objetos em acessórios de moda e símbolos da modernidade. Tais criações influenciaram época e continuam a inspirar diversos profissionais ainda hoje.  Mais do que uma história única e unívoca, o design italiano é filho e pai de muitas histórias diferentes que, ao longo de um século, entrecruzaram as ciências sociais e econômicas, a cultura, a política, a tecnologia e a comunicação.
 
A palestra “Uma viagem pelo design Italiano em dez histórias” é uma realização do Ministério da Cidadania, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, Consulado da Itália no Brasil, em parceria com o Istituto Italiano di Cultura Rio De Janeiro,
com o patrocínio da Fiat Chrysler Automóveis (FCA), Fiat Chrysler Finanças e Banco Safra. A exposição conta com apoio institucional do Circuito Liberdade, Instituto Estadual do Patrimônio Histórico (Iepha), Governo de Minas e Governo Federal.
 
Italian Design Day
 
O Dia Mundial do Design Italiano é um projeto de promoção integrada patrocinado pelo Ministero degli Esteri e della Cooperazione Internazionale, pelo Ministero dei Beni e delle Attività Culturali e del Turismo, pela Triennale di Milano, pelo ICE (Agenzia per la promozione all’estero e l’internazionalizzazione delle imprese italiane), pelo Salone del Mobile di Milano, pela Associazione per il Disegno Industriale, pela Fondazione Compasso d’Oro e pela Fondazione Altagamma. A iniciativa está em sua terceira edição e propõe divulgar internacionalmente a excelência do design italiano. O evento é realizado em mais de 200 cidades em todo mundo, em parceria com embaixadas, consulados e institutos culturais italianos e envolvem todas as instituições públicas e privadas que representam o design italiano, incluindo o mundo dos negócios e o setor de formação.
 
Chiara Alessi
Chiara Alessi, nasceu em Verbania, noroeste da Itália em 1981. É jornalista e especialista em design. Colabora com algumas das principais revistas italianas do setor, como “Domus”, “Interni”“Icon” e “Klat” e vários jornais. Há alguns anos, trabalha especificamente com a nova cultura do projeto na Itália e de suas implicações, tendo levado esse assunto às salas de aula e auditórios das principais escolas e universidades italianas. É autora dos livros sobre o design: Dopo gli anni Zero - Depois dos anos Zero – “O novo design italiano” (Edizioni Laterza, 2014). Pela mesma editora Laterza, em janeiro de 2016, publicou Design senza designer, uma investigação sobre as “outras” profissões do design italiano, realizado dentro do projeto “Viagem através dos lugares comuns e das profissões especiais”. Durante o Design Week 2016, Alessi realizou para o jornal italiano “La Stampa” uma série de documentários e investigações sobre os lugares e os custos. Atualmente, é professora do Politécnico de Milão e é uma das curadoras da XI edição do Design Museum da Trienal de Milão. 
 
 
SERVIÇO
Palestra “Uma viagem pelo design Italiano em dez histórias” com Chiara Alessi
23 de março 2019 (Sábado)
10:00h ás 12:00h
Auditório Instituto Ricardo Brennand
Entrada gratuita
 
Informações
(81) 3035.4708

223